Blog

24
mar

Espaços inovadores na Educação: O iLab da Intoactions no Distrito Escolar de San Francisco

Por: Bruna Pires

A Intoactions é uma empresa de atuação global focada em inovação e Design Thinking  e Foresight Thinking desenvolvidas pelo CDR (Center for Design Research) da Universidade de Stanford e muito usadas por empresas do Vale do Silício.

Junto com a SGB,  trabalha na criação de uma cultura inovadora que reúna criatividade e design thinking para jovens empreendedores em áreas como saúde, educação, mobilidade urbana, cultura e consumo consciente.

A especialidade da Intoactions é desenvolver ambientes inovadores que auxiliam o ser humano a desenvolver suas ideias e colocá-las em prática. Por isso, foram um dos principais parceiros facilitadores das primeiras edições do SGB Lab.

Desde novembro de 2016, a Intoactions está desenvolvendo um iLab no Distrito Escolar de San Francisco, na Califórnia. O iLab foi criado como parte do plano estratégico “Vision 2025” do Distrito. Este processo envolveu centenas dos ‘stakeholders’, tais como: professores, administradores, alunos, famílias, organizações da comunidade e especialistas acadêmicos. Foi imaginado como “um espaço, um processo e um recurso’ com o mandato de ajudar o distrito escolar a “promover inovação em toda a organização para que todos os alunos sejam preparados para prosperar no século 21.”

intoations 2

Durante os dois meses iniciais do projeto (setembro e outubro), estas 18 equipes diversificadas entre professores e administradores (outras também incluem alunos e membros das famílias e da comunidade), participaram em um processo intensivo de design centrado no ser humano.

Usando uma abordagem clássica de aprendizagem experimental, eles aprenderam e aplicaram ferramentas e técnicas para entender melhor o seu desafio para criar soluções inovadoras. As equipes terão até o final do ano acadêmico, em Maio 2017 para continuar a avaliar, refinar e implementar as suas soluções.

intoactions 1
Cada equipe tem um coach, um facilitador treinado nos princípios e no processo de design centrado no ser humano. Este coach esta ajuda as equipes durante o processo de design como um todo. Os coaches do iLab podem ser especialistas de Design Thinking do distrito, ou especialistas externos. Depois o Pitch Night, os coaches continuam trabalhando com suas equipes durante a fase de implementação, embora, de forma menos frequente.

Cada equipe convidada a participar do projeto do iLab recebeu entre U$2,500 a U$5,000 para as fases iniciais. Depois de apresentarem as suas soluções e um plano de implementação e orçamento durante o Pitch Night, as equipes vão receber recursos adicionais de aproximadamente U$10,000 para implementá-las. Os professores e os administradores também recebem folga remunerada para participar do projeto.

Espaços inovadores

Espaços confortáveis e versáteis são muito importantes para ajudar a criar um fluxo de trabalho saudável e menos estressante. O espaço define os comportamentos desejados e forma a aprendizagem desejada. A Intoactions valoriza muito o conceito de Design centrado no ser humano, e por isso desenvolveu para o iLab um espaço  pensado como  instrumento-chave para fomentar inovação e colaboração.

Para esta iniciativa, o distrito transformou 4 salas de aula, no colégio de Thurgood Marshall em uma plataforma e pódio de colaboração criativa para equipes. Móveis flexíveis, ferramentas e matérias de prototipagem, recursos de visualização e outros elementos incentivam as equipes a adotar uma abordagem lúdica para a resolução criativa de problemas.

Algumas equipes decidiram trabalhar em sua própria escola em vez de usar o espaço do iLab. Embora haja alguma vantagem em trabalhar em seu próprio contexto, as equipes poderiam perder algumas características únicas, assim como a energia contagiante de ficar no mesmo espaço com outras equipes.

Para saber mais, acesse o post completo no Blog da Intoactions


Comentários


Você poderá gostar também de...