Comece agora

Educação

Você é apaixonado por educação? Conheça iniciativas social good nesta área!

Seu projeto Social Good
não está aqui?

Envie pra gente
10

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica

O Projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica tem o intuito de levar a leitura às crianças e adolescentes do Amazonas.

Ação

Projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica

O que é?

O Projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica tem o intuito de levar a leitura às crianças e adolescentes moradoras de comunidades tradicionais localizadas no Sul do Amazonas, para isso, contemplará pequenas escolas localizadas nestas comunidades com a doação de livros.
Devido a distância e as dificuldades de acesso, as poucas escolas dessa região não possuem nenhum tipo de biblioteca.

Como funciona?

O projeto arrecadará livros voltado ao público infantojuvenil e promoverá a entrega para estas escolas, proporcionando às crianças e adolescentes ampliar seus horizontes e conhecimentos através da leitura.
Como incentivo para a doação de livros são feitas palestras nas escolas do município sobre a importância da leitura e a possibilidade de contribuir com o projeto “Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica”, onde qualquer pessoa que queira poderá fazer parte deste projeto e ajudar a construir pequenas bibliotecas nas escolas destas comunidades tradicionais.
O Projeto busca também a doação de livros através das redes sociais. Criamos uma página no Facebook apresentando o projeto, a possibilidade de doação de livros e também divulgamos todas as ações desenvolvidas no projeto.
Além disso, o projeto tenta conectar pessoas para voluntariar-se no projeto através de outras comunidades e páginas da internet que apoiam ações sociais.

Qual o público beneficiado?

O Projeto pretende contemplar as seguintes escolas rurais:

I – Escola Municipal Piuntuba – localizada a 100 km da sede do município de Apuí (AM) as margens esquerda do Rio Aripuanã. Possui 12 (doze) alunos e não possui biblioteca;
II – Escola Municipal Rio Roosevelt – Localizada as margens direita do Rio Aripuanã subindo, Possui 06 (seis) alunos e não possui biblioteca;
III – Escola Municipal João Paulo II – Localizada as margens direita do Rio. Possui 11 (onze) alunos e não possui biblioteca;
IV – Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo – Localizada a 100 km da sede do município de Apuí (AM) na BR 230, Km 110, comunidade Vila do Carmo, cujo acesso se dá pelo Rio Aripuanã. Possui 25 (vinte e cinco) alunos e não possui biblioteca;
V – Escola Municipal Perpétuo Socorro – Localizada a 172 km da sede do município de Apuí (AM) , as margens esquerda do Rio Aripuanã Km 172, cujo acesso se dá pelo Rio Aripuanã. Possui 12 (doze) alunos e não possui biblioteca;
VI – Escola Municipal Salva Terra – Localizada a 165 km da sede do município de Apuí (AM) cujo acesso se dá pelo Rio Aripuanã. Possui 08 (oito) alunos e não possui biblioteca;
VII – Escola Municipal Areal – Localizada a 135 km da sede do município de Apuí (AM) na Comunidade Areal Rio Aripuanã Km 135. Possui 06 (seis) alunos e não possui biblioteca;
VIII – Escola Municipal São Benedito – Localizada as margens do Rio Tapajós Km 200. Possui 09 (nove) alunos e não possui biblioteca;

As escolas receberão livros arrecadados durante a campanha e terão condições de montar uma pequena biblioteca.

Quem pode colaborar?

Qualquer pessoa poderá contribuir com o projeto, físicas ou jurídicas.
Os apoiadores do Projeto serão identificados da seguinte maneira:
APOIADOR: Qualquer pessoa física ou jurídica que fizer doações de pequena quantidade de livros ao projeto.
PATROCIDADOR: Empresa e/ou Instituição que, através do Termo de Adesão, doar:
a)100 (cem) livros de literatura voltada ao público infantojuvenil;
b) 50 (cinquenta) camisetas estampadas com o logo do projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica;
c) 02(dois) banner do projeto, onde um poderá seu usado no estabelecimento do patrocinador e outro utilizado pela coordenação do Projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica;
PADRINHO/MADRINHA: Pessoa física que doar ao projeto:
a) 100 (cem) livros de literatura voltada ao público infantojuvenil;

Como posso me engajar?

Através da doação de livros de literatura infantil ou juvenil , novos ou usados.
Divulgando o projeto.

Idealizador

Cristiane Vieira Maciel da Silva Brasileira

trio-sopro-meninos

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Som da Vila e escola de educação infantil

O Som da Vila promove educação infantil através de creche e música!

Ação

Som da Vila e escola de educação infantil

O que é?

Uma escola filantrópica que atende adolescente e jovens na Orquestra de Música Erudita; na creche, 90 crianças de 3 a 5 anos. Todas são de famílias de baixa renda cuidadas por mulheres trabalhadoras.

Como funciona?

Trata-se de uma escola legalizada com equipe técnica pedagógica conforme a legislação brasileira determina. Buscam promover Educação Infantil Cidadã contribuindo com o desenvolvimento de seres humanos éticos, críticos, conscientes, participativos e solidários.

Qual o público beneficiado?

Crianças, adolescente, jovens e mulheres chefes de família. Atuamos em São João de Meriti (RJ).

Quem pode colaborar?

Todo mundo!

Como posso me engajar?

O primeiro passo é conhecer a escola: os beneficiários, página no Facebook,  beneficiários, instalações e participar do dia-a-dia.

Você pode contribuir fazendo um vídeo, divulgando o projeto, captando recursos – tanto financeiro, como mão de obra qualificada – e assim, apoiar no desenvolvimento do projeto.

Mais informações: (21) 2751-2195

Idealizador

Núbia e Pedro Gomes, moradores do bairro Vila São José há quase 25 anos.

geraçãocareat

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Projeto Social Geração Careta

O Geração Careta quer transformar a vida de jovens em comunidades de baixa renda.

Ação

Projeto Social Geração Careta

O que é?

O projeto existe há 13 anos e tem como objetivo manter jovens longe da violência através da promoção de esportes e aulas pré-vestibular. Tudo de maneira gratuita para a comunidade de Niterói (RJ).

Como funciona?

O Geração Careta acontece no Complexo Esportivo do Caio Martins. São várias atividades propostas, entre elas: Muay Thai, Jiu-Jitsu Brasileiro, Taekwondo, Natação, Hidroginástica, pré-vestibular comunitário. O projeto é divulgado em escolas e redes sociais, além das indicações por parte de quem participa.

Qual o público beneficiado?

O foco são jovens carentes de comunidade e estudantes de escola pública, mas todos podem participar.

Para isso, basta preencher uma ficha. A única limitação é o espaço e, consequentemente, o número de vagas.

Quem pode colaborar?

Sabe dar aulas sobre conteúdo de ensino médio ou entende de artes marciais? Vem ser um professor voluntário!

Além disso, qualquer um pode apoiar patrocinando materiais (luvas, protetores, sacos de areia, etc.) ou divulgando o projeto.

Como posso me engajar?

Dando aulas, patrocinando materiais ou divulgando a iniciativa.

Estamos localizados no seguinte endereço: Complexo Esportivo Caio Martins – R. Pres. Backer, S/N – Icaraí, Niterói – RJ, 24220-041

Idealizador

Sandro Araújo

colmeia

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Projeto Colmeia

O Projeto Colmeia quer ajudar você na análise e apresentação de dados.

Ação

Projeto Colmeia

O que é?

O Projeto Colmeia, desenvolvido no Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFSC, busca capacitar organizações da sociedade civil na análise e apresentação de dados, com o intuito de fortalecer suas ações. A ideia partiu de duas demandas: da importância de OSCs de avaliarem suas ações como forma de divulgar o trabalho e provar resultados, seja para captação de recursos ou planejamento de atividades, e do interesse dos alunos da UFSC em organizações engajadas em trabalhos sociais.

Como funciona?

Anualmente é ministrado um curso gratuito e presencial de análise de dados e gráficos usando o Software R para alunos e ONGS interessados
Paralelamente, apoiamos organizações da sociedade civil na coleta e organização de seus dados, seja para a utilização no curso, seja para a confecção de relatórios e apresentações para as ONGS.

Qual o público beneficiado?

Estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina e Organizações da Sociedade Civil interessados em análise e apresentação de dados/ gráficos

Quem pode colaborar?

Estudantes da UFSC, movimentos sociais e ONGS interessadas e público em geral na divulgação

Como posso me engajar?

As pessoas podem se engajar, primeiramente, através da divulgação do projeto entre potenciais organizações sociais parceiras.
Além disso, alunos e ONGS interessadas podem se inscrever no curso gratuito de análise de dados (pelo site http://colmeia.ufsc.br/inscreva-se/) que ocorrerá em Setembro na UFSC nos dias 15/9, 22/9, 29/9, 6/10 (Sextas-feiras, entre 8h-12h).

Idealizador

Professor Dr. Daniel Castelan

logo-caindo-no-brasil

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Caindo no Brasil

O Caindo no Brasil quer divulgar histórias de pessoas e iniciativas que querem transformar a educação no país.

Ação

Caindo no Brasil

O que é?

Uma agência de comunicação especializada em educação brasileira

Como funciona?

O Caindo no Brasil tem três frentes de atuação:

– curadoria de projetos: apoio à produções audiovisuais e eventos na curadoria de conteúdo, buscando sempre projetos locais para enriquecer a grade da iniciativa e dar a possibilidade de iniciativas serem conhecidas em outros espaços

– produção de conteúdo: apoio à institutos e fundações para a divulgação de seus projetos em linguagem e formatos mais acessíveis para todos

– projetos autorais: criação de conteúdos com selo Caindo no Brasil para divulgação de teorias, boas práticas e ferramentas que possam fomentar as alternativas educacionais brasileiras. Atualmente, além das redes sociais e site, o Caindo no Brasil tem o livro que conta sobre os principais projetos conhecidos na viagem pelo país e uma assinatura semanal de conteúdos via WhatsApp para usuários aprenderem mais sobre alternativas educacionais brasileiras

Qual o público beneficiado?

Escolas, projetos sociais e ações individuais que estão trabalhando para uma educação de qualidade e para alternativas educacionais que vão além do ensino conteudista

Quem pode colaborar?

Qualquer pessoa pode enviar conteúdos para colaborar

Como posso me engajar?

Apoiando na criação de conteúdos e indicações de boas práticas

Idealizador

Caio Dib iniciou o Caindo no Brasil com um projeto de viagem pelo Brasil de ônibus em 2013 para conhecer iniciativas que fazem a diferença na educação brasileira

unnamed

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Te apresentamos o Apreender!

Quer conhecer uma plataforma que fornece apoio para empreendedores de impacto do segmento da educação?

Ação

Apreender

O que é?

Uma organização que coordena conteúdos para conectar empreendedores com educadores. O Apreender visa qualificar conteúdos e estratégias para que empreendedores e educadores possam desempenhar papéis em negócios de impacto e também formas de inovação como melhoria da educação brasileira.

Como funciona?

A plataforma se resume nas etapas de jornada empreendedora, como desenvolvimento da ideia, estruturação do negocio, a escala e o impacto. O principal objetivo desses empreendedores é a organização de conteúdos sobre determinado tema, apresentação de cases e também a orientação na prática desses negócios de impacto.

Público beneficiado pelo Apreender

Educadores e empreendedores em todo o Brasil.

Objetivos

Um dos objetivos é a implementação de ferramentas inovadoras nas instituições publicas do país. Essa conexão entre empreendedores e educadores tem como objetivo que os mesmos testem, avaliem e validem as soluções criadas na imersão de suas didáticas.

Como posso me engajar?

Acessando na plataforma do projeto, em: http://apreender.org.br/cadastre-sua-solucao/

Idealizador

Apreender

file6377

Gostou do projeto e quer fazer parte desta iniciativa?

Comece agora

Como Aprender Violão: Educação musical divertida e acessível

Levar a educação musical para todo canto deste país é um sonho que você pode ajudar a tornar realidade.

Ação

Como Aprender Violão

O que é?

O projeto vai mudar a realidade da educação musical no país e consequentemente a realidade socio-cultural. Vamos fazer aulas com qualidade a nível internacional para todos os brasileiros participarem pela internet ou pessoalmente em eventos físicos. O sonho do Como Aprender Violão é realizar o sonho dos brasileiros com a música.

Como funciona?

Levamos aulas virtuais e oficinas presenciais gratuitas para milhões de brasileiros, tenham eles internet ou não, dinheiro ou não, conhecimento musical ou não. Levamos educação musical de qualidade inédita para quem quiser aprender e se divertir.

Qual o público beneficiado?

Milhões e milhões de crianças, pais, avós, estudantes, amadores, donas de casa, enfim, os brasileiros que são naturalmente inclinados à música mas que vêm seus sonhos frustrados e seus potenciais adormecidos por não terem acesso à educação musical gratuita e de qualidade.

Quem pode colaborar?

Empresas, investidores, agentes de divulgação, voluntários para propagação da ideia, pessoas públicas, pessoas comuns… Todo o Brasil!

Como posso me engajar?

O engajamento pode ser online ou offline. Teremos oficinas no país inteiro e queremos tornar a internet repleta de boa educação musical. Vídeos interativos, eventos gratuitos nas capitais e no interior do país, festivais e concursos são algumas das formas de engajamento.

Idealizador

Professora Amanda de Andrade