Blog

19
out

Conheça os seis finalistas do SGB Lab 2015

Por: Mariel Ramos

Cinquenta iniciativas de todo Brasil que chegaram ao Lab com apenas uma ideia no papel e muuuita vontade de fazer acontecer. E lá se foram quatro meses intensos, pra nós, que acompanhamos tudo de pertinho, rimos e choramos com cada equipe de 14 estados do nosso país.

Nesse tempo os labbers passaram por desafios e encontros presenciais com metodologias inovadoras como Design Thinking e Startup Enxuta, bem como mentoria de experientes de empreendedores de sucesso. 35 projetos chegaram à uma das etapas finais, o Demo Day e apresentaram seus pitches no dia 16 de outubro. E hoje podemos olhar pra trás e ver com muito orgulho empreendedores liderando iniciativas de impacto social.

Ao total, seis iniciativas foram selecionadas para mostrar suas ideias ao mundo no palco do Seminário Social Good Brasil e concorrer a um fundo de investimento semente. A seleção foi realizada com base nas avaliações da banca e de desempenho durante o programa.

labbers

Conheça as iniciativas finalistas:

Quero na escola

SocialGood_20151016__DSC1698

Cinthia Rodrigues Grecco, de São Paulo/SP

Um canal direto para o estudante de escola pública pedir o que quiser aprender além do currículo obrigatório e a sociedade saber como participar. Damos ao adolescente chance de protagonismo sobre sua formação e às pessoas um mapa genuíno de como contribuir diretamente com a educação. Estamos levando para as escolas conteúdos adicionais como fotografia, quadrinhos, cerâmica e palestra contra machismo, mas também outros frutos como autoestima e conexões com o mundo real.

Visite o site: http://www.queronaescola.com.br

Massacuca

SocialGood_20151016__DSC1517

Graziella Iacocca, de São Paulo/SP

“Massacuca é uma plataforma totalmente gratuita de ideias de brincadeiras fáceis de fazer, usando apenas objetos comuns e de baixo custo. São atividades que contribuem para o desenvolvimento físico e cognitivo das crianças, pensadas para quem tem pouco espaço, pouco tempo e até mesmo pouca paciência. Queremos mudar os hábitos de adultos que sentem dificuldade em brincar, pois é evidente a carência que existe de atividades mais lúdicas, que estimulem a criatividade e possam ser feitas de modo simples e sem pressa. Queremos propor alternativas para o excesso de horas na frente da TV e o acumulo desnecessário de brinquedos, reflexo do consumismo estimulado pela publicidade infantil. Acreditamos que humanizando o brincar estaremos contribuindo para uma nova geração mais sustentável, criativa e emocionalmente madura.” Visite o site: http://massacuca.rocks/

Praças

SocialGood_20151016__DSC1761

Marcelo Rebelo de Moraes, de São Paulo/SP

“Negócio social que atua na revitalização de praças. O modelo “Praças” é a busca pela solução definitiva para as praças degradas e abandonadas das cidades brasileiras atuando no “pacote completo”, ou seja, ativação comunitária, co-criação de projetos e gestão e manutenção. O “Praças” utiliza plataforma colaborativa própria para alcançar o engajamento massivos dos moradores do entorno alcançando uma solução colaborativa entre cidadãos, governo e empresas num sistema “ganha-ganha”.”

Acesse o site: http://pracas.com.br

Letras de Médico

SocialGood_20151016__DSC1830

Rogério Malveira Barreto, Fortaleza/CE Nos EUA, 36% da população tem dificuldade de entender informação em saúde, gerando um custo de 50-73 bilhões de dólares/ano. No Brasil, além dos 18 milhões de analfabetos funcionais, muitos alfabetizados tem essa dificuldade, não aderindo ao tratamento. Assim, dispomos de software, usado por médicos, que gera receita médica inovadora baseada em pictogramas e design de informação, além de criarmos informação adaptada em saúde. Queremos revolucionar a forma como saúde é comunicada, empoderar o paciente e melhorar o sistema de saúde.

Acesse o site: http://www.letrasdemedico.com.br

HandsFree

SocialGood_20151016__DSC1894

Philippe Magno de Albuquerque Figueiredo, de Recife/PE

“O Kit de Automação Residencial HandsFree é um produto inovador, de baixo custo e alta eficiência,que auxilia a inclusão social e digital de deficientes. A solução é completamente personalizável às necessidades do usuário. Através de movimentos da cabeça e/ou comando de voz, o deficiente pode controlar a TV,o acionamento da luz,DVD ou qualquer outro dispositivo que possa ser automatizado. Assim, ganha autonomia para realizar atividades do dia a dia onde,sem a ajuda de uma pessoa para realizá-las.”

Acesse o site: http://www.institutohandsfree.com.br

Cientista que virou mãe

SocialGood_20151016__DSC1870

Ligia Moreira Sena, de Florianópolis.

“Informação produzida por mulheres – jornalistas, cientistas e produtoras independentes de conteúdo. Mais que isso: informação sendo produzida sem a influência mercadológica de patrocinadores ou grandes indústrias. Mais que isso: informação sendo financiada pelos próprios usuários, pelos leitores, sem intermediários, crowd to crowd. É a Plataforma CIENTISTA QUE VIROU MÃE. Há 9 meses em desenvolvimento e acelerada pelo Social Good Brasil Lab, temos um objetivo: fortalecer mulheres, defender a infância e produzir informação para a transformação social.”

Acesse o site: http://cqvm.com.br

Quer conhecer essas iniciativas incríveis, especialistas, empreendedores, formadores de opinião e grandes nomes da inovação social do Brasil e do mundo? Inscreva-se para o Seminário SGB 2015!


Comentários