Social Good Brasil lança primeiro laboratório de tecnologias exponenciais para impacto social do país durante SingularityU Brasil Summit

O Social Good Brasil (SGB), líder do movimento Data for Good no Brasil, irá lançar neste mês o primeiro laboratório brasileiro de inteligência de dados e tecnologias exponenciais aplicadas a impacto social do país.

O Laboratório SGB tem como objetivo apoiar empreendedores  e investidores sociais a acelerarem a solução de problemas históricos da sociedade através de tecnologias como Inteligência Artificial, Robótica, Big Data, entre outras. O lançamento será feito no SingularityU Brasil Summit, evento que acontece nos dias 23 e 24 de Abril e reúne algumas das principais organizações que trabalham com tecnologias exponenciais no mundo.

O lançamento marca uma mudança no posicionamento do Social Good Brasil, que se torna a primeira organização do país a focar nas tecnologias exponenciais para a solução de problemas da sociedade. Segundo Dierê Fernandez, Líder do Laboratório SGB, “a aplicação destas tecnologias inovadoras permite a expansão exponencial do impacto social de iniciativas que antes teriam uma atuação linear.”

 

E quem poderá participar do Laboratório SGB?

“Poderão participar do Laboratório SGB empresas, institutos, fundações empresariais e negócios de impacto que desejam utilizar dados para resolver problemas sociais e aumentar o impacto social de seus investimentos​ e/ou negócios. Ele terá duas turmas que acontecerão ainda em 2018 em Florianópolis, capital da inovação”, diz Fernanda Bornhausen Sá, presidente voluntária do SGB.

O Laboratório conta com parceiros multinacionais ​especialistas em dados como a ​IBM, a empresa catarinense de big data Neoway, a Resultados Digitais, a incubadora de educação em tecnologia Exosphere e a Data Science Brigade, que atua com soluções de análise de dados e machine learning​ e é a criadora do Serenata de Amor, um case de sucesso brasileiro de uso de dados que combate o mau uso do dinheiro público​.  

 

O Social Good Brasil

Em 2012 o SGB trouxe para o Brasil o movimento liderado pela Fundação das Nações Unidas (ONU) de incentivo ao uso de tecnologias e novas mídias para contribuir com a resolução de problemas sociais, como saúde, educação, mobilidade urbana e outros.

Desde então, a organização atua desenvolvendo iniciativas e metodologias para inspirar​, conectar e capacitar protagonistas sociais ​e​ empreendedores de impacto. Nessa caminhada, o SGB já impactou direta e indiretamente mais de 8 milhões de pessoas.

Em novembro de 2017, com a presença do norte-americano Andrew Means, idealizador do movimento Data for Good nos EUA, o SGB apresentou no palco do Festival Social Good Brasil uma nova onda de inovação.

“Acreditamos que nosso mundo tem cada vez mais problemas sérios e menos -tempo e dinheiro disponíveis para resolvê-los – por isso precisamos de novas ferramentas e muita gente conectada e interessada em causar impacto social. Nos EUA temos usado dados para aumentar a eficiência e a efetividade do trabalho social.”, explica Andrew.