Como analisar dados?

Quantas coisas diferentes sobre a Covid-19 você já ouviu? Em meio a informações contraditórias sobre vacina, remédios, contágio e uso de máscaras, muitas pessoas se viram em uma situação em que não sabiam mais no que acreditar. Junto com a pandemia, veio um dos períodos em que mais houve disseminação de fake news, o que contribuiu para que muitas pessoas não se vacinassem ou não se protegessem corretamente contra a doença. Por isso, saber como analisar dados é tão importante – eles ajudam no combate à desinformação.

Em São Paulo, por exemplo, uma lei colocou no fim da fila de vacinação as pessoas que se recusaram a tomar a vacina que estava disponível no momento da aplicação. Nos primeiros 20 dias da aplicação da lei, 2.031 pessoas assinaram o termo de recusa. Influenciados por notícias falsas relacionadas à eficácia ou a supostos efeitos colaterais causados por determinadas marcas do imunizante, os chamados “sommeliers de vacina” colocaram a própria saúde – e a de outras pessoas – em risco. 

Combater fake news relacionadas à pandemia é uma necessidade, e o que muita gente não sabe é que a educação em dados pode ajudar as pessoas a identificarem melhor as informações confiáveis, e consequentemente a tomarem melhores decisões. 

Como os dados podem ajudar no combate à desinformação e fake news sobre a pandemia

O tema foi pauta do terceiro episódio da série Habilidados, do Social Good Brasil, que fala do universo dos dados de forma leve e descontraída. Assista:

Em tempos em que a ciência foi colocada em dúvida e a disseminação de notícias falsas chegou a afetar a integridade das pessoas, o uso de dados torna-se fundamental para combater a desinformação. Em 2020, o Social Good Brasil criou uma Sala de Situação Digital com dados abertos à sociedade relativos à pandemia de COVID-19 em Santa Catarina. Foram criados sete “produtos de dados” – ferramentas, análises, instrumentos ou espaços virtuais para consumo de dados com objetivo de uma tomada de decisão, previsões ou projeções. Foram 90 dias de trabalho com um grupo intersetorial de voluntários, que se uniu para desenhar uma estratégia baseada em um diagnóstico, estruturação de governança e construção dos produtos de inteligência de dados para ajudar os 295 municípios catarinenses. 

Esse trabalho foi desenvolvido a partir de um núcleo intersetorial de inteligência de dados com representantes do Governo do Estado de Santa Catarina, Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Laboratório de Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento (ENGIN) do EGC da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (COSEMS) e Data Science Brigade (DSB). O projeto fez com que a organização fosse vencedora do Prêmio ODS SC 2021, iniciativa do Movimento Nacional ODS Santa Catarina que reconhece ações desenvolvidas por seus signatários que contribuam com as metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, propostos pela Organização das Nações Unidas – ONU. O SGB foi finalista da categoria Organização da Sociedade Civil. Saiba mais no blog

Outras iniciativas importantes surgiram nesse contexto, como o portal Transparência Covid-19, painel (parte da Open Knowledge Brasil) que reúne e trata os dados da API (Application Programming Interface, ou, em português, Interface de Programação de Aplicação) que passou a ser divulgada pelo Ministério da Saúde somente esse ano. A iniciativa entra na lista como pioneira e combativa frente à desinformação, unindo tecnologia e humanidade para salvar vidas, mas qualquer pessoa que domine os dados e saiba analisá-los pode acessar bases de dados e entender melhor qualquer situação ou contexto, não apenas a pandemia. Conheça mais: https://transparenciacovid19.ok.org.br/
Para auxiliar as pessoas a identificarem o nível de conhecimento no tema, o SGB também tem uma ferramenta de autoavaliação de fluência em dados inédita no Brasil. Em menos de 10 minutos, ao preencher um formulário de múltipla escolha, você descobrirá se é um iniciante, aprendiz, praticante ou mentor no assunto. Ao finalizar, receberá por email uma avaliação personalizada, bem como recomendações para evoluir na jornada de aprendizagem. Faça o teste clicando aqui.

Leia também

12 maio 2022
O que acontece com seus dados dentro das redes sociais? Você já parou para pensar em como sua privacidade...
Ler Mais
11 abril 2022
Quando falamos sobre educação em dados, qual é a primeira coisa que vem na sua cabeça? Também chamada...
Ler Mais
14 janeiro 2022
Na série Habilidados, você vê bons motivos para ser fluente em dados e também aprende como usar os dados...
Ler Mais
09 dezembro 2021
Na série Habilidados, você vê bons motivos para ser fluente em dados e também aprende como usar os dados...
Ler Mais
08 dezembro 2021
Na série Habilidados, você vê bons motivos para ser fluente em dados e também aprende como usar os dados...
Ler Mais

Leia também

Privacidade e os Dados Pessoais nas Redes Sociais
Educação em Dados: tudo que você precisa saber para se tornar fluente em dados
3 vídeos que vão mudar a sua visão sobre tecnologia e saúde mental
6 ferramentas para organizar sua vida pessoal e profissional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support