Habilidados: 5 motivos para assistir à nova série

O mundo digital está cada dia mais integrado à vida cotidiana. E para ajudar a entendê-lo, contamos com a curiosidade e o dinamismo de Rogério e Chai, os apresentadores da nova série exclusiva SGB. Habilidados é a primeira série no Brasil a falar de dados sem falar de dados. A primeira temporada será lançada na segunda-feira, dia 19. Se você precisa de mais motivos para assistir ao lançamento, nossos embaixadores de dados te dão 5!

1. Começar é o passo mais difícil (Chai)

É sempre mais difícil começar. Essa frase, tão clichê e conhecida por todo mundo, tem verdade de sobra. E para provar, segue uma história: em algum lugar entre os séculos XVII e XVIII, um inglês descansava embaixo de uma árvore – ou calculava sobre um monte de papéis e anotações – descobriu um monte de coisas a partir da observação de que, no universo, tudo se move. A primeira Lei de Newton surgiu para comprovar aquilo que talvez, já naquela época, já era de conhecimento geral: começar é o mais difícil. Com mais algumas fórmulas, Isaac Newton provou que um corpo em repouso tende a permanecer em repouso. A menos que uma força atue sobre ele e mude tudo.

A Chai não é matemática ou astróloga como foi Newton, mas sabe bem que sempre é preciso uma força para começar a se mover. A analista de sistemas, atriz e advogada apresenta a série Habilidados e a enxerga como a forcinha necessária para alavancar a fluência em dados. A nova série exclusiva SGB é o pontapé inicial de todo mundo que quer e precisa aprender a conversar com o mundo que estamos vendo se formar diante de nós. Um mundo que vive a era dos dados.

2. Para sair do achismo, use dados (Chai)

Você sabe ligar o alerta vermelho ao receber aquela notícia entusiasmada demais ou que concorda demais com a sua visão – ou que é contrária demais? O que te faz acreditar no que acredita e duvidar quando não? Por muito tempo foi comum ouvir que “opinião cada um tem a sua” e “política, religião e futebol não se discute”. Mas o mundo do século XXI já não é mais o mesmo. Curiosidade e pensamento crítico estão sempre na pauta do dia – são habilidades essenciais para o futuro do trabalho, vale lembrar. Aqui, tudo se debate, com a atenção para entender que opinião sem dado é achismo.

Se uma notícia que agrada parece boa demais para ser verdade, pode ser mentira. Para se blindar, é preciso saber onde procurar informações confiáveis e fontes sérias para validar aquilo que se afirma. É aí que entra a fluência em dados, a habilidade que torna mais rápido e fácil fugir do achismo. A série Habilidados dá os primeiros passos para a construção de uma opinião crítica e ética, que desconfia de tudo até que se confira a fonte.

3. Se a gente não sabe lidar com os dados, os dados lidam com a gente (Rogério)

As tecnologias inundam a nossa vida pessoal e profissional, e tudo parece ser traduzido em linhas de programação e algumas centenas de milhões de dados. A potência que essa nova dinâmica tem é gigante, pode fazer processos antes demorados se tornarem questão de segundos e, acima de tudo, pode transformar a vida das pessoas. A gente sabe disso. Mas para alcançar os benefícios inumeráveis que os dados têm pra gente, é preciso saber lidar com eles, mergulhar com consciência do caminho que está seguindo.

Essa história tem um avesso muito doloroso: se aventurar pelo mundo digital sem uma armadura que garanta segurança e direção pode virar uma dor de cabeça. Não estamos falando apenas de uma confusão na hora de ler os dados ou tomar uma decisão baseada em uma leitura errada de tabelas, aqui entra aquele clique distraído em um link que chegou à caixa de email e que foi a porta de entrada para um vírus que sequestra dados sensíveis*. É também aceitar todos os termos de uso sem saber do que se tratam – eu sei que é chato, mas é necessário! – e inserir o CPF em tudo. O valor dos dados que você entrega é enorme, e quem os possui pode manipular de maneira inadequada.

Queremos ver cada vez mais pessoas fluentes em dados para conquistarem a autonomia em suas decisões e em sua própria proteção no mundo digital. Habilidados é o passo para começar a molhar os pés no mar de dados – e parar de vez de se afogar.

4. Você vai conhecer uma outra visão sobre coisas que estão sempre ali, mas às vezes a gente nem percebe (Rogério)

Sabe quando o cachorro vira a cabeça assim de lado e parece intrigado? É fofo, não é? Quando notei e comecei a me perguntar porque eles faziam isso, pesquisei na internet e descobri que uma hipótese é que eles estão tentando entender você, por isso mudam o ângulo para enxergar e ouvir de uma outra maneira. Encarar o mundo sob a lente da fluência em dados é a viradinha de cabeça do meu cachorro, descobrindo um ponto de vista até então desconhecido, inusitado.

Comece a ver seu perfil nas redes como sua vitrine de dados e seu histórico de navegação como uma carteira de identidade. Sua percepção sobre eles vai mudar! Agora imagine um mundo em que sua geladeira é capaz de te ouvir e os cookies são rejeitados! Ele já existe. E o Rogério é tão fascinado pelas possibilidades que se abrem ao virar um pouquinho a cabeça – ou aprender o idioma dos dados, em outras palavras – que resolveu compartilhar o que sabe e como analisa a realidade ao seu redor sob a lente dos dados. Isso tudo na nova série do SGB, a Habilidados.

5. Você vai ter noção das várias etapas que envolvem dados no nosso mundo: aí você decide se quer se aprofundar ou não – queremos que sim! (Chai)

Onde estão e para onde vão os dados coletados pelo seu celular ao despertar pela manhã? Como os dados da sua corrida monitorada são usados para melhorar sua experiência de saúde? Será que é apenas na hora de se cadastrar que você entrega seus dados a um site de compras online? Em algumas etapas a presença dos dados parece óbvia para nós, mas há muitas outras em que a atuação deles está a todo vapor, e sequer notamos.

A fluência em dados funciona como um microscópio para enxergarmos a força dos dados atuando em cada etapa. Isso é importante porque, se sabemos lidar com eles, podemos tornar as fases de um processo mais fluidas e seguras, trabalhando com precisão em cada uma delas. Se isso ainda não faz sentido pra você, imagine-se na missão de comprar um novo computador: quando percebe que está lidando com dados sobre o mercado de computadores e sobre suas próprias necessidades – desde a primeira pesquisa no navegador aos vídeos comparativos que assiste e, enfim, a compra final – fica mais fácil mensurar qual escolha será mais acertada. E para nada disso é preciso ser especialista.

Essa é a proposta da série Habilidados: fazer você entender com facilidade como os dados fazem parte da sua rotina, sem precisar de cursos longos e complexos de programação e sistemas. É simplesmente falar a língua do mundo ao seu redor. Claro que se você resolver ficar e mergulhar ainda mais fundo nesse oceano, será um grande prazer. E temos um spoiler: teremos uma formação EAD de nível básico ainda em 2021.

BÔNUS SGB responde: por que você deveria assistir Habilidados?

A gente poderia dar um único motivo para assistir à nova série: é super legal! Mas é bem mais que isso. O futuro de que a gente tanto fala e espera já chegou, com a rapidez de um clique na internet. Estamos tentando nos adaptar a ele ao mesmo tempo em que ele nos entende e se adapta também, por meio de algoritmos que conseguem se moldar com assustadora precisão – às vezes, tenho a impressão que o celular está me ouvindo. Será que está mesmo?

Para esse novo mundo que está surgindo hoje, habilidades como o pensamento crítico e inovador e a fluência em dados estão ganhando espaço, sendo valorizadas mais do que nunca. Saber se posicionar em meio aos excessos do universo virtual é também uma competência importante para a vida pessoal, para se proteger. A fluência em dados pode garantir a própria privacidade e promovê-la para as pessoas conectadas a você. Sem falar no poder que os dados e as tecnologias têm de impactar positivamente o mundo.

A chegada inédita e exclusiva de uma série que consegue falar de tudo isso com simplicidade e inteligência é motivo de sobra para comemorar – e não perder por nada.

*Dados sensíveis são os que revelam origem racial ou étnica, convicções religiosas ou filosóficas, opiniões políticas, filiação sindical, questões genéticas, biométricas e sobre a saúde ou a vida sexual de uma pessoa.

Você pode começar a se aventurar por esse universo ainda hoje, descobrindo como explora o oceano de dados através da Autoavaliação SGB. Inicie a jornada com a Habilidados já sabendo de onde está partindo: se já sente confiança em lidar com os dados, aliando segurança e consciência ou se ainda encontra barreiras para navegar.

Ao final, você receberá um e-mail personalizado com algumas recomendações para iniciar e evoluir na Jornada de Educação em Dados. A Autoavaliação é gratuita e leva menos de 10 minutos! Depois, é só segurar a ansiedade e aguardar o lançamento da nova série.

Esse texto fez sentido pra você?

Fique ligado nas nossas redes sociais InstagramLinkedinTwitter e Youtube.

Agradecemos muito pela leitura e todo feedback é super bem-vindo! Feedback é dado, afinal!

Leia também

Cientista de dados: por que é uma profissão do futuro
Habilidados: 5 motivos para assistir à nova série
Tecnologia e Dados: 7 cases de impacto social
O que é Data Storytelling: saiba como contar histórias usando dados

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support